terça-feira, 28 de setembro de 2010

Quem estava na Região Quadrense - 1822 a 1865

Bom, toda e qualquer informação sobre a história de Quadra reserva um esforço árduo para se obter. Como estou escrevendo este blog em ordem cronológica, tive que parar um tempo de atualizá-lo para que eu pudesse encontrar algo que valesse a pena ser publicado, sobre o século XIX.

Incrivelmente, consegui juntar um bom punhado de informações, porém, nada que descrevesse a vida das pessoas que por aqui viviam, mas sim, informações documentais, e todas sobre a demografia, posse de terra e geografia política.

A última coisa que escrevi foi sobre a ocupação do território da região de Quadra através de doação de sesmarias. O que segue é um documento bem interessante que encontrei na Biblioteca da Cúria Metropolitana, em São Paulo.

Na pasta da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Tatuí encontra-se um censo, talvez o primeiro, da “Freguezia de Tatuhy”, escrito pelo vigário encomendado Manoel Teixeira de Almeida, na própria Freguezia de Tatuhy, em 30 de agosto de 1835, o qual segue descrito por completo abaixo:

“Mappa Extatístico

Divide-se esta Freguezia com a Villa de Itapetininga no rio denominado Tatuhy, em distância de três légoas; com a Villa de Porto Feliz no rio denominado Sorocaba, em distância de duas légoas e meia; com a Capella da Fábrica no rio denominado Sarapuhy, em distância de duas légoas e meia; com a Freguezia da Santíssima Trindade no ribeirão da Honça, em distância de três légoas; divide-se mais com Itapetininga em distância de cinco légoas em uma serra que serve de diviza.

Contém os Bairros segtes.:

Bairro da Freguezia com Habitantes – 493

Bairro do Tijuco Preto com “ – 242

Bairro da Água Branca com “ – 213

Bairro das Pederneiras com “ – 259

Bairro do Sarapuhy com “ – 303

Bairro do Paiol com “ – 158

Bairro do Serrado Grande com “ – 258

Bairro do Guarapó com “ – 148

Bairro do Caguassú com “ – 200

Bairro da Estrada com “ – 150

Bairro do Rincão com “ – 349

Número total de Habitantes – 2779 (sic)

Nenhum bairro tem proporção para criar nova Freguezia.

Nenhuma parte della deve desmembrar-se para outra Paróchia.

Foi erecta Freguezia desde o princípio em o anno de 1822 desmembrada somente da Villa de Itapetininga.

Não tem Capella curada alguma, nem Ermida, não reza ecclesiástico algum.”

Com respeito a esses dados, pode-se notar que pelo menos um bairro que fica no que atualmente faz parte de Quadra já existia, o Tijuco Preto, e com uma população que certamente é maior que a de hoje.

Já os bairros das Pederneiras e do Guarapó seguem seu território acompanhando a bacia hidrográfica dos rios de mesmo nome, e eles se encontram tanto em Quadra como em Tatuí, portanto, não se consegue saber em que região essas pessoas viviam.

Também não dá para saber até onde era esse bairro do Paiol, mas supõe-se que seja entre os rios Tatuí, Araras e as cabeceiras do Pederneiras e o bairro do Tijuco Preto, em Quadra.

Três bairros cuja localização desconheço são os do Serrado Grande, Estrada e Rincão. Se esses bairros pegavam algum trecho em Quadra, só Deus mesmo pra saber...

A partir de 1850, houve uma certa lei, a chamada Lei de Terras, que, a grosso modo, estabelecia que a única forma de obtenção de terras seria por compra, diferentemente do que acontecia com as sesmarias, que eram doadas pelo Rei - rei mesmo, de Portugal, porque as sesmarias foram abolidas no Império do Brasil.

Estas terras tinham de ser registradas, e consegui ter acesso aos microfilmes dos livros de registro de Tatuhy, no Arquivo do Estado.

Isso sim foi penoso: li, de cabo a rabo, todos os 800 e tantos registros, escritos numa letra quase ilegível – a letra daquela época – direto nestes filmes em negativo. Ou seja, as imagens eram roxas com os escritos em amarelo escuro. Lá que fui saber o que era paleografia e aprender o que era isso na marra.

Como curiosidade (ou será masoquismo?), consegui traçar um mapa muito fuleiro de quem poderia ser dono de terras nos atuais limites de Quadra. Calculei jogando o mapa de Quadra no AutoCAD na proporção de 1 ponto = 1 metro e recalculando em metros a medida em braças/léguas dos terrenos que registrei.

Observação importante: todas as medidas dos registros de terras eram feitas em braças (2,20m) e seus múltiplos, a légua (6600m), meia légua (3300m) e um quarto de légua (1650m).

Jogando esse mapa no Google Earth, temos a seguinte figura, com a identificação da localização dos proprietários, que estão listados mais abaixo.



1 – Bento Antunes de Camargo; 2 – Ignácio Antônio de Borba; 3 – José Manoel Castanho; 4 – José Joaquim de Camargo; 5 – Antônio Mascarenhas Camello; 6 – Manoel José Soares César; 7 – Jesuíno Antônio de Camargo; 8 – Antônio José de Camargo; 9 – José Manoel de Oliveira; 10 – Felippe Antônio Pires (Felippe José de Góes); 11 – José Vas Vieira; 12 – Salvador Soares de Oliveira; 13 – Leonel de Meira Lobo; 14 – João José Coelho; 15 – José Joaquim Soares; 16 – José Ferras de Campos (José de Campos Leite); 17 – Francisco de Campos Leite; 18 – Antônio de Campos Leite; 19 – Francisco de Paula Leite; 20 – Joaquim de Campos Camargo; 21 – João Domingues do Espírito Santo (Jacu); 22 – José Simão Pereira;23 – Francisca Martins de Mascarenhas; 24 – Manoel Antônio da Silva; 25 – José Ignácio Cassimiro; 26 – Bento Alves Barreto; 27 – Luciano Francisco Pacheco; 28 – Antônio Albano de Oliveira Rosa; 29 – Antônio Bueno de Camargo Penteado; 30 – Manoel Theodoro de Camargo Sousa; 31 – Francisco Pires de Campos; 32 – Bento Corrêa de Albuquerque; 33 – Fabiano José da Motta, Manoel Gonsalves Ferreira, Rocino Antônio de Camargo; 34 – Elias Leite de Camargo; 35 – Espólio de Joaquim Gonsalves Ferreira, Eduardo Dias Ferreira, José Rodrigues Machado;36 – Fermiano Pais; 37 – Venâncio Mariano; 38 – Segismunda dos Santos Fonseca; 39 – Francisco Xavier de Camargo; 40 – Pedro da Silveira Garcia; 41 – Jacintho da Silveira Garcia Sobrinho; 42 – Justo Antônio Cassimiro; 43 – José Innocencio Gonsalves; 44 – Raphael da Silveira Garcia; 45 – Luís Coelho de Oliveira; 46 – Salvador José Alves; 47 – Benedicto José de Camargo; 48 – Antônio Joaquim Soares; 49 – Manoel Joaquim de Oliveira; 50 – Henrique Correa da Silva;51 – Manoel Joaquim de Andrade; 52 – Domiciano Rodrigues da Silva; 53 – José Martins e Oliveira; 54 – Agostinho Rodrigues Pedroso; 55 – Pedro Medeiros; 56 – José da Cunha; 57 – Joaquim Antônio de Oliveira; 58 – Joaquim José Vas; 59 – Fasenda do Paiol (Padre Francisco de Paula Medeiros); 60 – Antônio José de Oliveira; 61 – João de Araújo Salles; 62 – Espólio de Antônio Cardoso; 63 – Maximiniano Vas

De todos os sesmeiros, o único que aparece com suas terras declaradas nos livros da década de 1850 é Bento Antunes de Camargo, no bairro das Palmeiras, com sua “meia légoa em quadra, ao qual faz parte da sismaria do Ajudante Antônio Bernardo de Azevedo, já fallecido”. Dividindo à direita com José de Campos, ao sul com o Capitão Ignácio Antônio de Borba, à esquerda com Dona Francisca de Mascarenhas e ao norte com Antônio de Mascarenhas.

Entre o que hoje é o centro de Quadra e o Cemitério eram as terras do Cap. Ignácio, de Salvador Soares de Oliveira, Leonel de Meira Lobo, Felippe José de Góes e Felippe Antônio Pires (talvez os dois Felippes fossem a mesma pessoa).

Onde hoje é o bairro dos Vaz pertencia a Jesuíno Antônio e Antônio José de Camargo. Ainda antes, essas terras e o centro de Quadra pertenceram a Liberato Bueno de Camargo.

Indo para os lados da Estância, na “Cabeceira do Rio da Alleluia” José Joaquim de Camargo havia comprado terras de Antônio Mascarenhas de Camello, dividindo com o mesmo para o bairro da Aleluia, para o sul (talvez na atual divisa de Guareí) com José Manoel Castanho e para oeste com Manoel José Soares César.

No bairro das Palmeiras, nos limites atuais entre o bairro da Quadra e o Guaraná ficavam terras dos Oliveira e dos Soares, que haviam comprado de José Joaquim da Silva.

Uma parte de terras muito ampla chegou a pertencer a José Innocêncio Gonsalves, e ia do atual bairro dos Cassemiros até o Cemitério e de lá no rumo da estrada atual de Quadra-Tatuí até o bairro do Turvo em Cesário Lange. Ao longo dos anos ele a dividiu e vendeu a inúmeras pessoas, dentre elas a alguns das famílias Pires de Campos e Campos Leite.

Anna de Jesus Mascarenhas era proprietária no Guararapó e no Tijuco Preto, tendo vendido parte de suas terras a Manoel Joaquim de Oliveira e Domiciano Rodrigues da Silva, respectivamente. No mais, os Silveira Garcia tinham bons pedaços de terra no Guararapó e o Capitão Francisco Xavier de Camargo uma grande área na divisa que vai do Turvo até as Pederneiras Pretas, fazendo divisa neste bairro com Segismunda dos Santos Fonseca, no terreno que hoje é de algum descendente.

Na parte sul de Quadra encontrava-se (ainda se encontra) a Fasenda do Paiol.

A parte sudoeste, e talvez chegando bem próxima ao centro de Quadra, era de Manoel Joaquim de Andrade.

Detalhe: ao analisar o microfilme deste livro, percebe-se que, normalmente, os registros de cada bairro vêm em seqüência. Uma hipótese é a de que os proprietários vizinhos iriam em grupo prestar as suas declarações ao órgão que fazia este controle, que, sinceramente, desconheço qual era.

* * *

Também no Arquivo do Estado, encontrei a lista dos eleitores de Tatuhy em 1865. Naquela época, os Distritos Eleitorais eram divididos por Quarteirões, ao invés de Zonas Eleitorais, como hoje. Não sei se os “Quarteirões” eram realmente delimitados por quadriláteros formados por estradas, mas dá pra se ter a noção que eram trechos de terra de, talvez, 3 léguas por ½ légua, como nos cálculos que fiz para a figura abaixo, com a delimitação feita de acordo com a localização das propriedades dos eleitores.



Abrangendo o atual território de Quadra, temos, talvez, algum trecho do 10º Quarteirão – Alleluia, Campina e Guarapó; certamente um bom trecho do 13º Quart. – Alleluia/ Turvinho; os 14º e 18º Quarteirões por completo, respectivamente Guarapó/Palmeira/ Pederneiras e Palmeira/Guarapó; Uma boa parte do 15º Quart. - Tijuco Preto, Araras e Pederneiras.

Talvez boa parte do bairro da Alleluia pertencesse ao 19º Quarteirão, do Rio Feio e Cerrinha.

Abaixo segue uma listagem, provavelmente não completa (não pude pesquisar o documento ao todo, na ocasião).

10º

Alleluia, Campina e Guarapó

240

Américo Corrêa da Silva

50

Cas.

Lavrador

N

José Francisco

300

241

Anselmo Mess de Almeida

27

Cas.

Lavrador

S

Antônio da Almeida Falcão

300

242

Antônio Albano Sob. Roza

66

Cas.

Lavrador

S

Domingos Soares da Rosa

1000

243

Antônio Alves de Camargo

46

Cas.

Lavrador

S

-

500

244

Antônio Roiz Pereira

25

Cas.

Lavrador

S

José Pereira Vieira

400

245

Benedicto T Almeida Falcão

44

Cas.

Lavrador

S

André de Almeida Falcão

300

246

David Albano da Rosa

34

Cas.

Lavrador

N

Miguel Albano

400

247

Domingos Soares da Rosa

40

Cas.

Lavrador

S

Francisco de Paula Rosa

400

248

Forentino José Vieira

45

Cas.

Lavrador

S

Manoel Pereira Vieira

400

249

Joaquim Roiz Novais

34

Viúvo

Lavrador

S

José Pereira Novais

500

250

José Pereira Vieira

52

Solt.

Lavrador

S

Manoel Pereira Vieira

600

251

José Róis Solano

38

Cas.

Lavrador

S

Francisco Solano

600

252

José Róis Fernandes

26

Solt.

Lavrador

S

José Roiz Novais Pinheiro

400

252ª

Justino Roiz Pereira

27

Solt.

Lavrador

S

José Pereira Vieira

400

253

Laudelino Jacintho da Rocha

38

Cas.

Lavrador

S

Jacintho G. da Rocha

600

254

Manoel Mendes de Almeida

48

Cas.

Lavrador

S

Raphael Mendes

500

255

Paulo João Nepomuceno

30

Solt.

Lavrador

S

Francisco de Paula Rosa

400

256

Placidisso Mendes de Almeida

30

Cas.

Lavrador

S

Antônio de Almeida Falcão

400

257

Salvador Pereira Vieira

40

Cas.

Lavrador

S

Miguel Pereira Vieira

400

13º

Aleluia e Turvinho

292

Ant. Bueno de Camargo Penteado

55

Cas.

Lavrador

S

José de Camargo

1000

293

Caetano Braga de Mascarenhas

57

Cas.

Lavrador

S

Caetano Braga

500

294

Francisco Braga de Mascarenhas

28

Solt.

Lavrador

S

José de Mascarenhas

400

295

Francisco Corrêa de Albuquerque

35

Cas.

Lavrador

S

Bento Corrêa de Albuquerque

400

296

Ignácio Domingues

28

Cas.

Lavrador

S

João Domingos do Espírito Santo Jacu

300

297

Joaquim Belchior Martins

36

Cas.

Lavrador

S

-

400

298

Joaquim Bueno Penteado

28

Cas.

Lavrador

S

Antônio Bueno de Camargo

200

299

Joaquim de Camargo Penteado

38

Cas.

Lavrador

S

-

300

300

José de Arruda Ribeiro

37

Cas.

Lavrador

N

José de ? Ribeiro

300

301

Manoel Corrêa de Albuquerque

33

Cas.

Lavrador

S

Bento Corrêa de Albuquerque

900

302

Martim Francisco da Graça Miz.

26

Cas.

Lavrador

S

-

300

303

Pacífico Corrêa de Albuquerque

42

Cas.

Lavrador

S

Bento Corrêa de Albuquerque

500

304

Felippe de Campos Bicudo

37

Cas.

Lavrador

S

Joaquim de Campos Camargo

600

305

Prudente Corrêa de Albuquerque

35

Cas.

Lavrador

S

Bento Corrêa de Albuquerque

600

306

Z. Corrêa de Albuquerque

40

Cas.

Lavrador

S

Bento Corrêa de Albuquerque

600

14º

Guarapó, Palmeira e Pederneiras

307

Adão Leite de Camargo

30

Solt.

Lavrador

N

-

300

308

Ant. de A? Camargo

48

Cas.

Lavrador

S

Salvador do Amaral

1000

309

Ant. de Campos Garcia

30

Cas.

Lavrador

N

Antônio Campos Leite

600

310

Ant. de Campos Leite

57

Cas.

Lavrador

N

-

2000

311

Bernardino José de Toledo

66

Cas.

Lavrador

N

João Maria de Toledo

600

312

Claudino da Silveira Garcia

23

Cas.

Lavrador

N

Raphael da Silveira Garcia

300

313

Francisco Jacintho da Rocha

54

Cas.

Lavrador

N

Jacintho G. da Rocha

600

314

Francisco de Paula Leite

51

Cas.

Lavrador

N

-

1200

315

Francisco de Paula Leite Jr.

31

Cas.

Lavrador

N

Francisco de Paula Leite

600

316

Fancisco da Silveira Garcia

37

Cas.

Lavrador

N

Raphael da Silveira Garcia

600

317

João Cassemiro d’Oliveira Sobrinho

26

Solt.

Lavrador

N

Bernardino G. de Toledo

400

318

João Lopes d’Oliveira Macedo

35

Solt.

Lavrador

N

Pedro de Campos Machado

300

319

João Pedro da Silveira Garcia

45

Solt.

Lavrador

N

Pedro da Silveira Garcia

600

320

José da Silveira Garcia

40

Solt.

Lavrador

N

Pedro da Silveira Garcia

600

321

Justo Ant. Cassemiro

45

Cas.

Lavrador

N

Justino Cassemiro

500

322

Lino Pires de Albuquerque

50

Cas.

Lavrador

S

Antônio ? de Albuquerque

2000

323

Luis Soares de Camargo

36

Cas.

Lavrador

N

Luis Soares de Araújo

300

324

Quintiliano Antônio Luis da Costa

28

Cas.

Lavrador

S

Luis Vicente? da Costa

300

325

Zacharias de Paula Roiz

45

Cas.

Lavrador

S

Ignácio Roiz Gudim?

300

326

Veríssimo de Arr. Cassemiro

30

Cas.

Lavrador

S

Salvador do Amaral

400

474

Paulo José Gonsalves

58

Viúvo

Lavrador

s

-

300

15º

Tijuco Preto, Araras e Pederneiras

327

Afonso Quintino de Campos

30

Cas.

Lavrador

N

-

400

328

Ant. G. Figueiró

62

Cas.

Lavrador

S

Estevão de Figueiró

300

329

Ant. Ge. De Morais

35

Cas.

Lavrador

S

José de Morais

400

330

Ant. Manoel Vaz

43

Cas.

Lavrador

S

-

300

331

Ant. da Silva Carvalho

54

Cas.

Lavrador

S

José da Silva Carvalho

300

332

Ant. Vieira Domingues

36

Cas.

Lavrador

N

Miguel Pereira

400

333

Francisco Frz. Dias

55

Cas.

Lavrador

S

Antônio da Fonseca Frz (?)

500

334

Francisco Soares Vieira

45

Solt.

Lavrador

N

Antônio Soares de Oliveira

400

335

João Baptista de Oliveira Mattos

54

Cas.

Lavrador

S

-

2000

336

João Floriano de Arruda

31

Cas.

Lavrador

N

João Floriano de Arruda

300

337

José Quintino de Campos

28

Cas.

Lavrador

S

-

1300

338

José Roiz Cardoso

52

Cas.

Lavrador

S

Manoel G. de Andrade

300

339

Manoel Joaquim de Andrade

66

Cas.

Lavrador

S

-

1500

340

Sílvio Soares Vieira

42

Cas.

Lavrador

N

Antônio Soares de Oliveira

300

341

Thomé Róis de Sousa

35

Cas.

Lavrador

N

-

300

475

Athanasio Augusto de Medeiros

26

Solt.

Lavrador

S

José Roiz de Medeiros

400

476

Antonio José de Oliveira

30

Viúvo

Lavrador

N

Jm. José de Oliveira

400

477

Antônio Ferras de Salles

25

Solt.

Lavrador

N

João Ferras de Salles

300

478

Antônio C? d’Almeida

28

Cas.

Lavrador

N

300

479

Anacleto de Oliveira Lima

44

Solt.

Lavrador

N

Manoel de Lima

300

480

Balduíno Ge. Da Silva

30

Cas.

Lavrador

N

Antônio da Silva

300

481

Benedicto Venâncio d’Almeida

38

Cas.

Lavrador

N

João Paulo

300

482

Claudino José da Silva

34

Cas.

Lavrador

N

Antônio da Silva

300

483

Claudino Paes Vieira

50

Cas.

Lavrador

N

300

484

Candido Dias da Costa

46

Cas.

Lavrador

S

300

485

Cesário José da Cruz

42

Cas.

Lavrador

N

-

300

486

Vaz

24

Cas.

Lavrador

S

-

300

487

José Pires

22

Cas.

Lavrador

N

-

300

488

Vieira da Silva

30

Solt.

Lavrador

N

José Vieira

300

489

Delfino Antônio de Oliveira

32

Cas.

Lavrador

N

-

300

490

Francisco Ferras de Salles

26

Cas.

Lavrador

N

João Ferras de Salles

300

491

Fermino Maria de Oliveira

34

Cas.

Lavrador

N

-

300

492

Jacintho José de Brito

44

Cas.

Lavrador

N

Manoel Rosa?

300

493

João Ferras de Salles

37

Cas.

Lavrador

N

João Ferras de Salles

300

494

João Estevão de Medeiros

27

Solt.

Lavrador

N

Joaquim Polycarpo

300

495

João Luis

40

Cas.

Lavrador

N

José Luis

300

496

João Pais Vieira

24

Cas.

Lavrador

N

Claudino Paes Vieira

300

497

João Roiz de Camargo

25

Cas.

Lavrador

N

Joaquim de Camargo

300

498

João Baptista de Oliveira Salles

34

Solt.

Lavrador

S

Joaquim de Almeida

300

499

Joaquim Soares de Araújo

60

Cas.

Lavrador

N

-

300

500

Joaquim José Vieira Guimarães

32

Cas.

Lavrador

N

Joaquim José Vieira

300

501

Joaquim Leonel de Medeiros

56

Solt.

Lavrador

N

Manoel de Medeiros

300

502

Joaquim Francisco Antônio Gonsalves

34

Cas.

Lavrador

N

Joaquim Antônio Gonsalves

300

503

Joaquim Sebastião

36

Cas.

Lavrador

N

-

300

504

Joaquim d’Almeida Peixoto

55

Cas.

Lavrador

N

Joaquim de Almeida

300

505

Joaquim José Innocêncio

46

Cas.

Lavrador

N

-

300

506

Joaquim da Fonseca

26

Solt.

Lavrador

N

Antônio da Fonseca

300

507

Joaquim Gonsalvez Bueno

32

Cas.

Lavrador

N

-

300

508

José Ferras de Salles

28

Cas.

Lavrador

N

João Ferras de Salles

300

509

José Fernandes Vieira

50

Cas.

Lavrador

N

Joaquim José Vieira

300

510

José Graciano de Brito

23

Cas.

Lavrador

N

Graciano José de Brito

300

511

José de Almeida Peixoto

55

Cas.

Lavrador

N

Joaquim de Almeida

300

512

José de Lima Leite

55

Cas.

Lavrador

N

-

300

513

José Venâncio dos Santos

36

Viúvo

Lavrador

S

-

300

514

José Innocêncio de Oliveira

39

Cas.

Lavrador

S

-

300

515

José da Fonseca

28

Solt.

Lavrador

S

Antônio da Fonseca

300

516

Ignácio Fernandes da Motta

50

Cas.

Lavrador

N

-

300

517

Ignácio Bueno de M.

28

Cas.

Lavrador

S

-

300

518

Luis Soares de Araújo

60

Cas.

Lavrador

N

-

300

519

Luis Duarte e Silva

70

Cas.

Lavrador

S

José Dias de Oliveira

300

520

Let? José Luis

56

Cas.

Lavrador

s

-

300

521

Marcello Fernandes Prudente

26

Cas.

Lavrador

S

Manoel Fernandes Prudente

300

522

Manoel Joaquim de Medeiros

32

Cas.

Lavrador

S

Joaquim Polycarpo

300

523

Marcellino José de Andrade

34

Cas.

Lavrador

S

-

300

524

Manoel Antônio Machado

24

Cas.

Lavrador

S

-

300

525

Pedro José de Medeiros

25

Cas.

Lavrador

S

Joaquim Polycarpo

300

526

Pedro José d’Oliveira

26

Solt.

Lavrador

S

Antônio de Almeida

300

527

Ricardo Antônio d’Almeida

26

Solt.

Lavrador

N

Joaquim d’Almeida Peixoto

300

528

Raphael José M?

24

Cas.

Lavrador

N

-

300

529

Salvador Fernandes Vieira

26

Solt.

Lavrador

N

José Fernandes Vieira

300

530

Tobias Fernandes de Mattos

22

Cas.

Lavrador

N

-

300

531

Vicente Ramos de Oliveira

26

Cas.

Lavrador

N

João Paulo

300

18º

Palmeira e Guarapó

381

Antônio Gm. Soares

64

Cas.

Lavrador

S

-

400

382

Antônio Pires de Campos

49

Cas.

Lavrador

S

José Pires de Almeida

1000

383

Antônio Vieira de Camargo Sobrinho

35

Cas.

Negociante

S

-

600

384

Amalio de Campos Leite

26

Cas.

Lavrador

S

Francisco de Paula Leite

500

385

Benedicto José Soares

40

Cas.

Lavrador

S

-

300

386

Bento Miz. De Araújo

41

Viúvo

Lavrador

S

Antônio Martins de Araújo

500

387

Domingos Carneiro da Silva Braga

47

Cas.

Lavrador

S

Domingos Carneiro da Silva Braga

600

388

Francisco José Coelho

45

Cas.

Lavrador

S

-

400

389

João Francisco Soares

66

Cas.

Lavrador

S

-

10000

390

João José Coelho

52

Cas.

Lavrador

N

-

300

391

José Ferras de Campos

64

Viúvo

Lavrador

S

-

500

392

José Joaquim Soares

60

Cas.

Lavrador

N

-

1300

393

José Soares de Cerqueira Cézar

47

Cas.

Lavrador

S

Ignácio Xavier Cezar

5000

394

Manoel Vieira de Camargo

45

Cas.

Lavrador

S

Antônio Francisco de Camargo

5000

395

Manoel Vieira de Campos

28

Solt.

Lavrador

S

Francisco de Paula Leite

2000

396

Messias Henrique Soares

58

Viúvo

Lavrador

S

-

500

? Vieira de Camargo Filho

40

Solt.

Lavrador

S

Antônio de Camargo

500

? José da Silva

25

Cas.

Lavrador

S

-

400

? Bueno de Camargo

48

Caz.

Lavrador

N

-

300

? Francisco Soares Sobrinho

26

Solt.

Feitor

S

Messias Henrique Soares

400

? Henrique Soares

34

Cas.

Lavrador

S

Messias Henrique Soares

400

Raymundo José Soares

28

Solt.

Lavrador

S

Messias Henrique Soares

400


É interessante notar que relativamente poucos proprietários de terras dos meados de 1850 eram eleitores em 1865, e, ainda assim, há poucos herdeiros de seus herdeiros nesta listagem. Talvez os anteriores tivessem já falecido ou não pudessem votar, ainda que essa última hipótese seja a menos provável. Somente podiam votar os homens com uma certa renda anual, o que eles deveriam, ter, já que eram proprietários de terras.

Falando na renda, a média desses eleitores chegava na casa dos $440 contos de réis, a não para os eleitores do Tijuco Preto, que era bem mais baixa, em torno de $290 contos de réis.

Analisando o óbvio, notamos que todos os eleitores eram lavradores, com exceção de dois, sendo um negociante e um feitor de escravos, ambos do Quarteirão Palmeira/Guarapó, situado onde hoje é o centro de Quadra e o bairro do Guaraná.

Ainda neste quarteirão encontram-se os de maiores posses dentre todos, sendo João Francisco Soares com 10$000 e José Manoel de Cerqueira César e Manoel Vieira de Camargo, os dois com 5$000.

Dos 19 eleitores da Aelluia/Campina/Guarapó, apenas dois eram analfabetos; dentre os 15 da Alleluia/Turvinho, apenas havia um nessa condição; 3 dentre os 22 da Palmeira/Guarapó; e, pelo contrário, apenas 25 dos 72 do Tijuco Preto/Araras/Pederneiras sabiam ler e 6 dentre os 21 do Guarapó/Palmeiras também eram letrados.

Ao contrário da lista de 1850, esta lista de 1865 é mais fiel no que diz respeito à fixação da residência destas pessoas, pois a listagem de eleitores dos Quarteirões era formada por seus moradores.

6 comentários:

Francisco disse...

Sou descendente do Manuel Garcia Leal. Há condições de me fornecer as certidões de batismo dos descendentes?

clare.terraplana@gmail.com

Evaldo disse...

Sou descendente de André de Almeida Falcão. Será que possue mais informações sobre o filho dele Benedicto de Almeida Falcão. O meu bisavõ: João Thomaz de Almeida (nasceu em Tatuí) era filho dele.Foi "retratista" em Botucatú.
Obrigado

ALan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Sou descendente de Afonso Quintino de Campos e fiquei surpreso em encontrar uma pesquisa sobre Tatui que há tanto tempo desejava.
Só queria uma explicação, se possivel, sobre a lista de eleitores de 1865: o que significa a LEtra N ou S que acompanha alguns nomes? E o valor que aparece na frente dessa letra, como no caso de Afonso quintino que aparece 400? Não encontrei o nome do pai dele, será que o autor teria?

grato, Eric

maria lucia disse...

Achei interessante sua pesquisa e gostaria de saber como faço para achar certidão de nascimento antiga do ano de 1854 sobre meu bisavo Domingos Carneiro da Silva Braga.No ano de 1865 ele era eleitor pois apreceu a letra S na frente de seu nome e o quer dizer o outro nome que aparece na frente. Ele tinha mesmo 47 anos em 1865?